UFC divulga Lista de Espera do SISU 2020; veja as orientações

10 de fevereiro de 2020

A Coordenação do SISU na UFC divulga, nesta segunda-feira (10), a Lista de Espera de candidatos a uma vaga na Universidade Federal do Ceará. A relação inclui os nomes de todos os 29.882 estudantes que se inscreveram em Lista de Espera. Cada um deles é identificado como classificado ou não classificado.

São considerados classificados aqueles que tiveram classificação dentro do número de vagas que permaneceram disponíveis após a solicitação de matrícula da Chamada Regular, que foi realizada entre 31 de janeiro e 4 de fevereiro.

Já aqueles candidatos fora do número de vagas disponíveis são considerados não classificados, mas poderão se inscrever como suplentes para serem convocados, caso surjam outras vagas decorrentes de desistências e cancelamentos de matrícula.

Tanto as solicitações de matrícula de candidatos classificados quanto as inscrições como suplente de candidatos não classificados serão realizadas no período de 11 a 13 de fevereiro, na Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), no Campus do Pici, e nas diretorias dos campi do interior. A única exceção é Quixadá, onde o atendimento será nos dias 12 e 13 de fevereiro.

O calendário atualizado, com a divisão por curso, válido também para a inscrição de suplentes, já está disponível. Um aditivo ao Edital Nº 06/2020 alterou as datas de solicitação de matrícula e de inscrição de suplentes. O restante do cronograma de atividades e as demais regras do Edital permanecem válidas.

Confira a Lista de Espera e as orientações de acordo com sua identificação:

Sobre a Lista – Das 6.288 vagas ofertadas pela UFC no SISU deste ano, 4.401 foram ocupadas na Chamada Regular (70% do total), realizada nos dias 31 de janeiro, 3 e 4 e fevereiro. As 1.887 vagas restantes serão ofertadas à Lista de Espera, que recebeu inscrições no período de 29 de janeiro a 4 de fevereiro na página do programa gerenciada pelo Ministério da Educação (MEC).

Após o período de inscrições, a Lista de Espera é organizada pelo MEC e encaminhada para uso das instituições de ensino superior. Na UFC, o documento passa por um processo de verificação de suas informações (para conferir, por exemplo, se não há nenhum candidato com o nome em dois cursos).

Além disso, é necessário cruzar os dados dos inscritos na Lista de Espera com as vagas disponíveis. Deste modo, gera-se uma lista consolidada não apenas com os nomes dos candidatos inscritos, mas também com sua posição na Lista e sua identificação como classificado ou não classificado dentro do número de vagas disponíveis.

Dúvidas são esclarecidas somente pelo e-mail sisu@ufc.br.  

Marcadores: